Mercado de Trabalho

O que é ZOPA, a Zona de Possível Acordo

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Quando em uma negociação, o objetivo principal é sempre chegar em um acordo favorável às duas partes. E isso pode ser possível ao utilizar a ZOPA. Você já conhecia o termo? 

ZOPA é uma sigla que indica a Zona de Possível Acordo, uma área que limita até onde as partes estão dispostas a ir para fechar um negócio. 

Essa é uma técnica de negociação utilizada principalmente no segmento comercial, mas também no direito, e uma das habilidades mais desejadas em um profissional do futuro. 

Por isso, a ZOPA e sua aplicação são o assunto deste artigo. Hoje, vamos conversar sobre o que é ZOPA, como ela se aproxima e se difere do BATNA e como você pode aplicá-la. 

Você vai conferir:

O que é ZOPA?
A diferença entre BATNA e ZOPA
Dicas para utilizar a ZOPA

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é ZOPA? 

Como dissemos na introdução, a ZOPA é uma ferramenta utilizada durante a negociação. 

O termo é uma sigla para as palavras Zona de Possível Acordo e faz referência ao espaço que existe em toda negociação onde o contrato se torna viável. 

Ou seja, quando as concessões das partes entram em convergência. Isso significa que existe um espaço em comum entre o mínimo aceitável por uma das partes e o máximo aceitável para a outra.  

No setor comercial, podemos dizer que é onde o menor valor aceitável pelo vendedor e o maior valor aceitável pelo comprador se encontram. 

Vamos dar um exemplo: digamos que um vendedor está negociando um colchão por R$ 5.000,00. Ele sabe que, para sair no lucro, ele precisa vender o colchão por, no mínimo, R$ 4.000,00. 

Quando o vendedor informou o preço de R$ 5.000,00, o comprador achou caro e disse que o máximo que ele pagaria pelo colchão era R$ 4.500,00. 

Ou seja, a ZOPA dessa negociação fica entre os valores de R$ 4.000,00 e R$ 4.500,00.  

Existe também a possibilidade de não existir uma ZOPA, de não se conseguir chegar em um acordo. Por exemplo, se o comprador do caso hipotético acima só estivesse disposto a pagar R$ 3.500,00 pelo colchão, a compra provavelmente não seria concluída. 

A diferença entre BATNA e ZOPA 

E agora que você já sabe o que é a ZOPA, vamos conversar sobre o BATNA. 

Ambos são técnicas de negociação que tentam buscar o melhor acordo possível, mas a principal diferença é que o BATNA vai um pouco além. 

Enquanto a ZOPA se refere ao intervalo entre o mínimo e o máximo aceitável entre as partes, é a partir do BATNA que esses mínimos e máximos são definidos. 

O BATNA também é uma sigla, ele se refere às palavras “Best Alternative to a Negotiated Agreement”, que em português significa “Melhor Alternativa Para um Acordo Negociado”. 

Podemos pensar no BATNA como um plano de apoio, algo a ser usado em alternativa a um acordo que não será tão vantajoso para as partes. 

Isso porque o objetivo primário do BATNA é que a negociação seja um ganha-ganha. 

Vamos voltar ao exemplo acima: digamos que o comprador disse ao vendedor que o máximo que ele poderia pagar pelo colchão era R$ 3.500,00. 

Se não encontrar outra alternativa, o vendedor fica sem a venda ou sem lucro, assim como o comprador ficaria sem o colchão ou sem orçamento. 

Por isso, para que ambos saiam ganhando, poderia ser aplicado o BATNA. 

O vendedor poderia propor que o comprador levasse um colchão de mostruário por um valor mais baixo ou o comprador poderia propor que o vendedor colocasse travesseiros inclusos na compra para que ele pagasse o mínimo aceitável, por exemplo. 

Dicas para utilizar a ZOPA 

Certo, e agora que você já sabe o que é ZOPA e já foi apresentado ao BATNA, vamos entender como utilizar essas técnicas da melhor forma. Confira: 

1. Saiba bem o que está sendo negociado

Parte essencial de executar muito bem uma negociação é conhecer o que está sendo negociado, o objeto que está sendo vendido ou que está sendo acordado. 

Ou seja, saiba todos os detalhes sobre o que está vendendo. Só assim, você terá poder de criar argumentos e ser convincente. 

Por exemplo, se o vendedor do colchão não conhecer tão bem assim o produto, nunca conseguirá convencer o comprador de que ele vale o preço fixado. 

2. Conheça quem está do outro lado

Algo essencial é que você entenda quem está do outro lado da negociação. Se é uma venda, procure entender as necessidades do comprador e como o produto ou serviço pode ajudar. 

Assim, você tem total controle sobre a linha argumentativa e como apresentar o objeto da negociação como a solução de maneira convincente. 

Por exemplo, o vendedor de colchão poderia utilizar argumentos envolvendo saúde e investimento a longo prazo se conhecer bem os motivos que levam uma pessoa a comprar um colchão novo. 

3. Não use o BATNA sem conhecê-lo bem

Se você não tem experiência utilizando a ZOPA ou BATNA, pode achar que colocar qualquer ponto no acordo pode ser vantajoso. 

Porém, é preciso conhecer bem o seu BATNA ao usá-lo para não cometer erros e resultar em uma situação de perda para você. 

No nosso exemplo, o BATNA do vendedor envolve vender uma peça de mostruário. Mas será que é mesmo vantajoso para ele? Será que essa é a última alternativa que existe para chegar na ZOPA? 

4. Descubra como desarmar o BATNA da outra parte

Pode ser que a outra parte utilize uma técnica de BATNA, então procure desarmá-lo para conseguir uma situação mais vantajosa para você. 

Mas faça isso utilizando argumentos firmes e verdadeiros. 

Seguindo nosso exemplo, o vendedor poderia ter desarmado o comprador ao informar que os travesseiros custavam mais do que a diferença ou que o valor a mais investido no colchão faria toda a diferença a longo prazo. 

O importante ao utilizar a ZOPA, e também o BATNA, é conhecer o seu negócio, aquilo que você está negociando e também todas as partes envolvidas. 

Torne-se especialista e desenvolva soft skills  

Aproveitamos este espaço para convidar você a conhecer a Pós +Carreira EAD UCS, um formato de pós-graduação onde você se torna especialista na sua área e desenvolve soft skills. 

Confira abaixo alguns dos cursos de especialização que você pode fazer para aprofundar seu conhecimento em negociação:  

Além do aprofundamento em sua área de atuação, os cursos de pós-graduação do EAD UCS ainda ajudam você a se preparar para o mercado, com acompanhamento profissional e desenvolvimento de habilidades e competências.  

O formato +Carreira é multicertificação. Ou seja, durante o curso você garante certificados de extensão relativos aos conteúdos estudados.  

Confira nossos cursos e condições, e torne-se um especialista com toda a economia e flexibilidade que o EAD oferece. 

Leia também: 

Nova call to action