Ler o post

Pensando em seguir carreira no mundo da beleza e se deparou com o curso de visagismo?

Então, este texto tem exatamente o que você precisa para tomar a sua decisão de entrar de cabeça nessa profissão.

Nas próximas linhas, você vai descobrir tudo sobre esse conjunto de técnicas que tem ganhado cada vez mais espaço no mercado.

Aliás, vale destacar desde já que o setor de beleza vive uma ascensão.

Prova disso é que o mercado de estética cresce mesmo diante da crise

Um bom sinal para quem planeja um futuro profissional promissor, não é mesmo?

Avance no texto e saiba mais!

O que é visagismo?

visagismo o que e

O visagismo é o conjunto de técnicas usado para valorizar a beleza de um rosto.

Maquiagem, cosméticos, tintura e corte de cabelo e design de sobrancelhas, por exemplo, são algumas das práticas adotadas.

Para isso, é realizado um estudo das características físicas e psicológicas da pessoa.

O visagismo é aplicado por um profissional especializado, que recebe o nome de visagista. 

Se a sua intenção é trabalhar nessa área, continue lendo o texto. 

Mais à frente, falaremos sobre a formação necessária.

O que é visagismo de acordo com Philip Hallawell

Philip Hallawell é um artista plástico paulista, de renome internacional, que deu forma ao conceito de visagismo. 

É também arte educador e mestre desenhista, e há 40 anos estuda e pesquisa como o cérebro compreende as imagens.

Para ele, o visagismo é a arte de revelar o melhor da identidade de um ser humano, com harmonia e estética. 

Isso quer dizer que o visagismo não se limita apenas à beleza exterior, como também traduz o estilo e a personalidade do indivíduo.

O que é visagismo de rosto?

Embora tenha uma impressão individual, ou seja, o intuito de refletir o lado interior de cada um, o visagismo compreende os formatos comuns de rosto da maioria dos seres humanos.

Assim, as linhas e traços são estudados para que sejam propostos cortes de cabelo, coloração, estilos de maquiagem e outros.

Qual a importância do visagismo?

Até aqui, você já sabe o que é o visagismo. 

Mas, afinal, por que ele é tão importante?

O fato é que a beleza está diretamente ligada à autoestima e à confiança.

Quando uma pessoa está bem com sua aparência, tende a ser mais saudável e vigorosa.

Por essa razão, podemos dizer que o visagismo é um mecanismo aliado da qualidade de vida.

Quando surgiu o visagismo?

visagismo quando surgiu

De certa forma, o visagismo é uma teoria nova.

No entanto, o termo foi criado em 1937, por Fernand Aubry, um maquiador e cabeleireiro francês.

A palavra visagismo é uma tradução do visagisme

Por sua vez, visagisme vem do francês visage, que significa “rosto”.

Embora Abry seja o autor do nome, outra pessoa é que deu corpo ao conceito. E foi um brasileiro, como já adiantamos antes.

Quando o visagismo veio para o Brasil?

Philip Hallawell não só trouxe o visagismo para o Brasil, como também deu robustez ao método e o disseminou mundo afora.

Por sua profissão como artista plástico, Hallawell conhecia bem o formato dos rostos. 

Ele uniu isso ao que já era dito sobre o visagismo e estruturou o conceito. 

Em 2002, o paulista foi convidado por uma instituição de ensino para preparar um material sobre o assunto, o qual seria destinado aos estudantes de cursos de beleza.

Foi, então, que ele desenvolveu a apostila “Harmonia e Estética” para um curso tecnológico em visagismo.

Tudo isso deu origem ao livro “Visagismo: harmonia e estética”, escrito por ele mesmo e publicado em 2003.

Depois disso, Hallawell ainda lançou mais uma obra, intitulada “Visagismo Integrado: identidade, estilo e beleza”.

Para que serve o visagismo? Como funciona?

visagismo para que serve como funciona

Entender o propósito do visagismo fica mais fácil quando aceitamos que a beleza real só existe quando há uma integração entre como você se sente e se vê.

A prova disso é que os padrões não se encaixam para todos.

O que fica bem em um pode não combinar com outro. 

Alguma vez você já foi ao cabeleireiro e pediu um corte igual ao que viu na revista e, depois, ficou decepcionado com o resultado?

Isso é comum. Afinal, temos o hábito de replicar o que nos inspira.

No entanto, para a beleza, esse comportamento não surte o efeito esperado e pode ainda incitar alguns distúrbios relacionados à própria imagem.

Por essa razão, ao procurar um visagista, haverá uma análise minuciosa sobre a sua identidade e a ideia que quer transmitir.

Além disso, é feita uma avaliação da sua aparência física. 

A combinação desses dois elementos é que coloca o visagismo em prática.

Assim, é possível refletir exatamente o seu perfil, seja ele mais romântico, fashionista, clássico ou ousado.

Quais as principais técnicas do visagismo?

visagismo quais principais tecnicas

Ao acompanhar o texto, você já pôde perceber que o visagismo considera o lado exterior e interior. 

Sendo assim, as principais técnicas usadas seguem os mesmos princípios.

São eles:

Personalidade do indivíduo

Para identificar a personalidade do indivíduo, Philip Hallawell recomenda que sejam considerados os arquétipos de personalidade definidos pelo psicanalista Carl Jung.

A partir deles é que são definidos os temperamentos de beleza, que são quatro:

  • Beleza sanguínea: é caracterizada pela energia e vibração. É extrovertida, dinâmica, destemida e criativa. Sendo assim, transmite alegria e entusiasmo
  • Beleza colérica: é marcada pela atitude. Expressa força, coragem, determinação, liderança e poder
  • Beleza fleumática: irradia serenidade e espiritualidade. É meiga e acolhedora, além de amigável e diplomática 
  • Beleza melancólica: representa elegância, sensibilidade e sofisticação. É uma beleza artística, que tem muito charme e inspira calma. 

Formatos de rosto

Para haver o arranjo perfeito de beleza, o formato do rosto não pode ser ignorado.

Eles são oito no total, e cada um deles possui suas particularidades:

  • Rosto redondo
  • Rosto oval
  • Rosto retangular
  • Rosto quadrado
  • Rostos triangular invertido
  • Rosto losangular
  • Rosto hexagonal de base reta
  • Rosto triangular.

O visagismo atualmente

visagismo atualmente

Ao longo do tempo, o visagismo foi se desenvolvendo.

Não só pelo conceito ser cada vez mais difundido, mas também pelo aprimoramento das técnicas de beleza.

Assim, dois tipos de visagismos ganharam muita força nos últimos anos.

Falaremos sobre eles agora.

Visagismo de sobrancelhas

Você já viu uma pessoa sem sobrancelhas? 

Se ainda não, pesquise uma foto. 

O semblante de quem não tem esses pêlos é, praticamente, nulo.

As sobrancelhas são parte fundamental da nossa expressão. 

Por essa razão, elas também precisam estar de acordo com a nossa personalidade.

E mais mais: as sobrancelhas ressaltam a beleza dos olhos e deixam o olhar mais marcante.

Visagismo na maquiagem

Será que um batom vermelho fica bem para qualquer pessoa?

Bom, todo mundo tem o direito de usar o que quiser e se sentir à vontade com isso, mas o visagismo na maquiagem procura definir os melhores contornos e cores, de acordo com os traços e tom de pele.

Tudo isso contribui para proporcionar uma beleza mais harmônica e condizente com os sentimentos do indivíduo.

Vídeos sobre o assunto

Se você é do tipo que assimila com mais facilidade os conteúdos em formato audiovisual, saiba que é possível encontrar diversos vídeos sobre visagismo na internet. 

Há, inclusive, entrevistas com Philip Hallawell para assistir.

O próprio Hallawell mantém um canal no YouTube que vale a sua visita depois de ler este texto.

Como aperitivo, confira este vídeo no qual ele comenta o que é visagismo - e o que não é:

https://www.youtube.com/watch?v=hSBArD9szE8 

Como se tornar visagista?

Para trabalhar como visagista, ou seja, se tornar um especialista em visagismo, é preciso recorrer a uma formação.

Afinal, além de absorver conceitos teóricos, como princípios biológicos e psicológicos, é necessário desenvolver habilidades práticas.

Na sequência, falamos sobre os melhores cursos na área.

Quais são os melhores cursos de visagismo?

visagismo quais sao melhores cursos

Antes de escolher um curso de visagismo, é importante buscar por uma instituição de ensino qualificada.

A maneira mais eficaz de fazer isso é acessar o site do Ministério da Educação para verificar a lista de faculdades reconhecidas.

A USC (Universidade de Caxias do Sul) não só consta nessa relação, como também tem bastante credibilidade no mercado.

Assim, se você está mesmo decidido a se tornar um visagista, pode ingressar no curso de Estética e Cosmética (Visagismo e Terapêutica Capilar).

A formação é oferecida no formato de graduação tecnológica e tem duração de dois anos e meio.

As aulas são realizadas a distância, com encontros presenciais uma vez por semana. 

Não perca tempo. Saiba mais sobre o curso e matricule-se!

Conclusão

Ao ler este texto, você ficou por dentro do que é o visagismo e da importância dele.

Também pôde conhecer um pouco mais sobre a história desse método e as principais técnicas utilizadas, além de descobrir como é a formação para trilhar carreira na área.

Enfim, a pergunta que não quer calar é: este é o curso que você estava buscando?

Se sim, é só clicar aqui, fazer a sua inscrição e dar um passo importante na direção do seu futuro.

Agora, caso a formação ainda não seja a ideal, você pode continuar navegando no nosso site para desvendar outras profissões.

O importante é fazer uma escolha assertiva e que traga satisfação pessoal e profissional. 

Desejamos boa sorte nessa caminhada e estamos à disposição para esclarecer todas as suas dúvidas quanto ao nosso portfólio de cursos. 

Para finalizar este conteúdo, que tal deixar o seu comentário no campo abaixo? Queremos saber a sua opinião sobre o assunto!

blog ead ucs
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.