Não se preocupe. Sentir que poderia fazer mais durante o dia é uma sensação comum entre muitas pessoas. Especialmente entre aquelas que não têm como prioridade a organização pessoal.

No entanto, isso não significa que você deve deixar as coisas como estão. A baixa produtividade pessoal impede que alcancemos nossas metas e faz com que deixemos de lado aquilo que importa — objetivos profissionais, família e qualidade de vida, por exemplo.

Vamos ajudar você nisso! Saiba agora, os passos essenciais para aumentar a sua produtividade!

1. Priorize a sua qualidade de vida

A qualidade de vida é um grande indicador da produtividade. Pessoas que se alimentam mal, não praticam atividades físicas e nem possuem um hobbie têm menos motivação para cumprir as pequenas obrigações do dia a dia (a lista de leituras ou um projeto pessoal, por exemplo).

Pode parecer clichê, mas a informação está amparada por pesquisas. Um estudo da Universidade de Brigham Young, nos EUA, revelou que quem tem hábitos alimentares ruins possui 66% mais de chance de ter uma queda na produtividade.

O mesmo acontece com os exercícios físicos. Não é à toa que diversas empresas adotam programas de atividade laboral para seus funcionários.

2. Identifique seus objetivos e organize-os

Você, provavelmente, possui alguma motivação pessoal que o levou a buscar este texto. Tirar um projeto da gaveta, ter mais horas livres, colocar o estudo em dia. Se não possui esse objetivo claro, determine-o! Com motivação pessoal, fica mais fácil parar de procrastinar e seguir na busca por cada uma das metas.

Falando em metas, elas são passos que levam à concretização desse objetivo. Se é voltar à graduação, por exemplo, as metas podem ser estudar para o vestibular e escolher uma boa instituição.

Não deixe na imaginação e coloque as metas e objetivos no papel. A cada etapa concluída, comemore e veja o quanto você pode progredir!

3. Conte com a ajuda da tecnologia

A tecnologia está aí para facilitar a nossa vida, incrementando a nossa produtividade pessoal. Destacamos algumas ferramentas que ajudam nessa tarefa:

Ferramentas do Pomodoro

A técnica do pomodoro é bastante conhecida. Ela divide o tempo que você se dedica a uma tarefa em períodos de 25 minutos. Cada período é marcado por um intervalo e cada ciclo de 3 períodos é separado por uma pausa maior.

Para colocar a técnica em prática, aposte em aplicativos de celular ou sites que marcam o tempo para você. Assim, você fica livre para se dedicar a uma tarefa.

Wunderlist

Se as atividades a serem feitas em um dia se perdem, o Wunderlist é para você. Na tela do celular, você cria listas de afazeres, ordena por prioridade, insere lembretes e cria atividades recorrentes, que se repetem em datas específicas.

Com o Wunderlist você pode fazer lista de compras, organizar suas metas e objetivos, definindo o que será feito no momento. Gratuitamente, sem precisar de papel, caneta ou agenda.

4. Otimize as tarefas do dia a dia

Fale a verdade: quantas vezes você perdeu uma senha e teve que ligar para a central de autoatendimento para resolver o problema? Ou deixou uma conta atrasar e teve que ir ao banco realizar o pagamento?

A produtividade pessoal começa com a organização pessoal. Por isso, adote atitudes práticas, como:

  • memorizar suas senhas ou ter as menos importantes anotadas;
  • usar opção de débito automático;
  • não fazer compras de supermercado em dias de pagamento.

Temos certeza de que você encontrará outras atividades que podem ser otimizadas! Com isso, será possível aumentar a produtividade pessoal e focar naquilo que realmente importa.

Pronto para colocar em prática? Aproveite e compartilhe essas dicas em suas redes sociais!

O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.