Mercado de Trabalho

O que colocar em habilidades no currículo?

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Temos certeza de que você já ouviu várias dicas de como montar um bom currículo. É bem possível que você esteja até um pouco confuso com tantas informações.

Para te ajudar nesta etapa tão importante do mundo corporativo, falaremos hoje sobre o que colocar em habilidades no currículo.  

Antes de mais nada, é importante que você saiba que somente as experiências já não são suficiente para ter destaque no mercado de trabalho.

Nos tempos atuais, é imprescindível ter habilidades interessantes no currículo para se candidatar a boas vagas. 

Quer saber quais são essas competências? Continue a leitura.

Você vai conferir:

O que é considerado habilidade no mercado de trabalho?
Soft Skills: habilidades socioemocionais e exemplos
Hard Skills: habilidades técnicas e alguns exemplos  
Onde colocar as habilidades no currículo
Faça um currículo memorável e acelere sua carreira

Nova call to action

O que é considerado habilidade no mercado de trabalho?

Habilidades são talentos e técnicas que desenvolvemos ao longo de toda a nossa vida. Elas vêm com a prática do dia a dia e também através dos estudos.

Você deve conhecer algumas, como por exemplo: boa comunicação, organização, criatividade, fluência em outro idiomas, formação em cursos livres, técnicos e de graduação.

Atualmente, apresentar boas habilidades em um processo seletivo, pode ser o fator determinante para a sua contratação. Mas calma, não se assuste.

É bem provável que você já tenha várias habilidades que são consideradas importantes para o universo corporativo, só que ainda não as apresentou da melhor forma.  

Soft Skills: habilidades socioemocionais e exemplos

As habilidades que possuem relação com as competências comportamentais, são consideradas Soft Skills, na tradução livre, “habilidades leves” ou ainda, “habilidades interpessoais”.

Elas representam tudo o que você consegue fazer naturalmente: ser pontual, criativo, observador ou analítico.

Não pense que essas habilidades se limitam a talento.

Por exemplo, se você tem dificuldade para falar em público e entende que sua comunicação não é um ponto forte, saiba que é possível desenvolver essa competência através de cursos, estímulo na prática ou até em pesquisas pela internet.

Existem algumas soft skills que são recorrentes em vagas de emprego e processos seletivos. Veja se você atende aos requisitos solicitados pelos recrutadores hoje em dia:

  • Liderança;
  • Comunicação;
  • Trabalho em equipe;
  • Criatividade;
  • Comunicação;
  • Empatia;
  • Flexibilidade;
  • Proatividade.

Se considera bom em algumas delas? Se a resposta for sim, anote quais são as que você mais se destaca e lembre-se delas na hora de montar seu currículo.

Hard Skills: habilidades técnicas e alguns exemplos

As Hard Skills, também conhecidas como “habilidades difíceis”, não são nenhum monstro de 7 cabeças.

Elas, ao contrário das soft skills, são competências técnicas desenvolvidas ao longo da vida: aulas de músicas, artes marciais, prática de esportes, curso de idiomas e por aí vai.

Elas não podem ser consideradas uma espécie de dom do indivíduo, porque precisam ser construídas a base de estudos e alguma instrução.

As hard skills, em sua maioria, tem alguma relação com a personalidade do candidato.

Esses conhecimentos técnicos se dão a partir de cursos livres, workshops, palestras,  oficinas, graduação, pós-graduação, entre outras opções, podendo ser presencial ou online.

O que faz com que as Hard Skills, sejam vistas como o ponto de partida para o seu crescimento profissional.

O que colocar em “habilidades” do currículo?

Confira algumas hard skills que estão em alta no momento:

  • Atendimento ao cliente;
  • Comunicação escrita;
  • Análise de dados;
  • Habilidades administrativas;
  • Conhecimento em informática;
  • Manuseio de maquinários;
  • Noções de logísticas;
  • Fluência em idiomas estrangeiros;
  • Conhecimento em design, fotografia e edição de vídeo.

Como estão as suas habilidades técnicas? Qual foi a última vez que você atualizou seus conhecimentos?

Saber responder a essas perguntas é crucial na hora de montar o seu currículo.

É a partir delas que você enxergará o que precisa fazer para atender aos requisitos da vaga dos seus sonhos.

Onde colocar as habilidades no currículo

Você pode não acreditar, mas existiu o tempo em que as habilidades não eram fundamentais em um processo seletivo.

Como já vimos nos tópicos acima, isso ficou para trás.

Agora, as suas melhores habilidades precisam estar em um lugar de destaque no currículo, afinal, este documento tão importante é o que vai vender o seu trabalho.

Uma dica boa é separar uma seção do currículo só para elas, e se possível, dar bastante destaque nestas informações, mas claro, sem comprometer a estética do documento.

Confira algumas dicas de como organizar suas habilidades:

  • Personalizar a área de habilidades aumenta sua chance de ser visto;
  • Não coloque no final da página. O que acha de fazer uma coluna lateral e inserir suas competências em tópicos? Isso pode fazer com que o seu currículo ganhe destaque entre os outros candidatos;
  • Esteja atento a descrição da vaga e destaque a habilidade útil para o cargo em questão;
  • Use o seu mix de referências e características a seu favor.

Um ponto muito importante: jamais, em hipótese alguma, minta sobre o que registrou no currículo.

Isso pode se virar contra você e acabar te prejudicando, portanto, aposte sempre na verdade. O mercado de trabalho é mais conectado do que imagina e as mentiras são facilmente descobertas.

Faça um currículo memorável e acelere sua carreira

Na hora de montar um currículo memorável, é importante entender o objetivo dele.

Desta forma, os recrutadores não terão dúvidas se devem aprovar ou não sua participação no processo seletivo.

Suas experiências e conhecimentos têm muito valor, portanto, analise com bastante atenção tudo o que você consegue fazer enquanto profissional e surpreenda positivamente os recrutadores com informações organizadas.

Além disso, busque sempre estar atualizado. Quando se está preparado para o mercado de trabalho, as chances de boas oportunidades chegarem até você são maiores.

As habilidades influenciam positivamente nos casos que há empate entre dois ou mais candidatos. Por isso, escolha estar preparado!

O programa de aceleração de carreiras da Pós +Carreira EAD UCS te ajuda a desenvolver um currículo compatível com as expectativas do mercado de trabalho.

Acesse agora e comece a desenhar o seu futuro!

Leia também:

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.