Ensino Superior

Extravestibular: o que é, formas de ingresso e benefícios

Por BLOG DO EAD UCS   | 

 Tag: Ensino Superior

Viu por aí que a universidade em que você quer estudar realiza extravestibular, mas você não sabe como isso funciona?

Tudo bem. Vamos esclarecer o assunto agora.

Acompanhe o artigo até o final e veja se o extravestibular é uma opção para você ingressar no ensino superior.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é extravestibular?

Você já deve saber o que é o vestibular, certo?

Trata-se do processo de seleção de novos estudantes para um curso superior.

Mas e o extravestibular? Qual é a diferença?

Bem, ele também é um processo que visa a matrícula na faculdade.

No entanto, é voltado para casos específicos.

Por essa razão, a denominação recebe o prefixo “extra”, que executa a função de “fora de”.

Ou seja, fora do vestibular.

Quais os benefícios do ingresso extravestibular?

Uma das principais vantagens do ingresso extravestibular é que a modalidade não exige a realização do exame tradicional do vestibular.

Normalmente, as instituições de ensino efetuam a matrícula do aluno apenas com a documentação requerida apresentada.

Além da facilidade na inscrição, é comum as universidades oferecerem condições especiais para alunos do extravestibular, como bolsas de estudos e descontos exclusivos.

>>> Leia também: conheça as vantagens e desvantagens do EAD

Quais são as formas de ingresso extravestibular em uma faculdade?

Você se lembra de quando falamos mais acima sobre o extravestibular ser uma opção para casos específicos?

Pois, bem. Agora, veremos todas as formas de ingresso e os critérios de cada um deles.

Transferência Interna

A transferência interna é destinada para alunos de dentro da universidade.

Ou seja, é ideal para estudantes que querem se manter na mesma instituição de ensino, mas desejam trocar de curso.

Neste caso, o procedimento é particular de cada faculdade, já que tudo ocorre internamente.

Transferência Externa

A transferência interna, por sua vez, é voltada para estudantes de outras instituições de ensino.

Também é certo afirmar que cada universidade adota o seu sistema para essa substituição, mas, no geral, o processo consiste em apresentar todas as documentações requeridas.

Em algumas faculdades há a exigência da realização de uma prova para testar conhecimentos.

Não é nada comparado ao vestibular, mas é uma avaliação que permite identificar se o candidato tem o nível de aprendizado necessário para acompanhar o restante da turma.

Reingresso

Como o nome entrega, trata-se do retorno de alunos às aulas.

Ou seja, daqueles que já ingressaram uma vez e agora desejam voltar a estudar.

Para isso, é necessário que o estudante tenha interrompido os estudos na mesma faculdade em que pretende retornar.

Ele pode reingressar no mesmo curso ou, então, escolher uma nova formação.

Vale também para mudanças de câmpus e modalidade.

Ingresso de Diplomado

O diplomado é alguém que já conquistou um diploma de ensino superior.

Portanto, trata-se de uma pessoa que pretende fazer a segunda faculdade.

Este tipo de ingresso vale tanto para ex-alunos da instituição de ensino ou graduados de outras universidades.

Ingresso Especial

O Ingresso Especial compreende diversas finalidades.

Ele pode ser uma alternativa para alunos que queiram fazer uma ou mais disciplinas antes de prestar o exame vestibular.

É uma forma de antecipar o aprendizado.

Mas, atenção, este modelo vale apenas para estudantes que concluíram o ensino médio.

O Ingresso Especial serve ainda para fins culturais e atende alunos que desejam obter atualização profissional.

Estudante Eventual

Por fim, o ingresso de Estudante Eventual.

Ele é voltado aos alunos de outras instituições de ensino que desejam realizar o estudo de determinadas disciplinas para complementar a formação.

Os estudantes que ingressam nessa modalidade também são chamados de alunos temporários.

Como solicitar o ingresso extravestibular?

extravestibular como solicitar ingresso

Para solicitar o ingresso extravestibular, o primeiro passo é identificar qual das modalidades você se encaixa.

Depois disso, é preciso entrar em contato com a instituição de ensino para saber como proceder.

Na maioria dos casos, deve ser feita uma solicitação por meio do site da universidade ou nas centrais de atendimento.

Em seguida, são requeridas todas as documentações necessárias.

Quais as documentações necessárias?

A lista de documentos que devem ser entregues depende do procedimento adotado pela universidade escolhida.

Na UCS - Universidade de Caxias do Sul, a documentação exigida é:

Para ingresso como Portador de Diploma (Programa 2ª graduação):

  • Diploma de curso superior (fotocópia autenticada frente e verso). Para ex-alunos da UCS, não é necessário apresentar o documento 
  • Histórico escolar completo. Para ex-alunos da UCS, não é necessário apresentar o documento 
  • Cópia do RG e do CPF.

Ingresso por transferência

  • Cópia do RG e do CPF
  • Histórico escolar completo emitido pela instituição de ensino de origem (original ou autenticado)
  • Em transferências do exterior, a documentação acadêmica deve ser validada pela rede consular do país de origem da documentação e traduzida por tradutor juramentado ou submetida ao apostilamento (exceto documentos de instituições de países do Mercosul). O candidato também deverá apresentar passaporte válido ou a cédula emitida pelo Ministério da Justiça.

Para ingresso por transferência com Certidão de Estudos

  • Cópia do RG e do CPF
  • Certidão de Estudos (equivalente ao histórico escolar) completa, emitida pela instituição de ensino de origem, que traga em seu conteúdo a data do desvínculo
  • Para transferência com Certidão de Estudos ou equivalente, oriundas do exterior, a documentação acadêmica deve ser validada pela rede consular do país de origem da documentação ou por apostilamento e traduzida por tradutor juramentado (exceto documentos de instituições de países do Mercosul). O candidato também deverá apresentar passaporte válido ou a cédula emitida pelo Ministério da Justiça.

Reingresso de alunos UCS com trancamento de matrícula superior a 03 (três) anos:

  • Cópia do RG e CPF.

Documentação complementar

Além da documentação já citada de acordo com cada tipo, até o final do semestre de ingresso deverão ser entregues os seguintes documentos: 

  • Histórico escolar (via completa ou original – se apresentado cópia simples para a matrícula)
  • Cópia do comprovante de ensino médio ou equivalente
  • Conteúdos programáticos (originais)
  • Sistema de avaliação (original)
  • Sistema de avaliação adotado na instituição de ensino de origem (original ou autenticado)
  • Declaração de regularidade junto ao ENADE
  • Declaração de sua situação atual na instituição de origem (matriculado, desvinculado ou outra condição)
  • Boletim de desempenho do processo seletivo (original ou autenticado) somente para ingresso por transferência com Certidão de Estudos
  • Para diplomados, transferências e certidão de estudos no exterior, a documentação acadêmica deverá ser validada pela rede consular do país de origem da documentação e traduzida por tradutor juramentado ou por apostilamento (exceto documentos de instituições de países do Mercosul).

Dicas para não errar ao fazer seu ingresso extravestibular

extravestibular o que e formas de ingresso beneficios

Pretende fazer o ingresso extravestibular?

Então, fique de olho nessas dicas para não ter nenhuma dor de cabeça durante o processo:

Confira a grade de abertura e os locais de inscrição

Assim como existe um cronograma para o vestibular, também há um período para o ingresso extravestibular.

Portanto, é importante consultar as datas para o requerimento.

Veja também de que maneira essa solicitação pode ser feita.

A maioria das instituições de ensino facilitam o processo e disponibilizam o formulário para preenchimento online.

Verifique as formas e critérios de seleção

Depois de escolher a instituição de ensino na qual planeja estudar, você deve pesquisar se ela atende à forma de extravestibular desejada.

Nem todos os tipos de ingresso estão disponíveis em todas as universidades. 

Confira também como a seleção é feita.

Lembre-se de que algumas faculdades realizam provas para aceitar ou não o candidato.

Consulte se o curso desejado é aceito

Algo que ainda não mencionamos neste artigo é a aceitação dos cursos.

Embora a maioria das formações seja válida no ingresso extravestibular, existem as exceções.

O curso de Medicina, por exemplo, é uma graduação que, geralmente, requer a realização do vestibular.

Neste caso, o exame tradicional precisa ser feito.

Prepare toda a documentação necessária

Fique bem atento aos documentos necessários para a matrícula.

Certifique-se de reunir todos eles e de fazer as cópias autenticadas quando for preciso.

Antes de comparecer à universidade para entregá-los, faça um check-list para confirmar se está tudo em ordem para não perder a viagem.

Investigue os valores e formas de pagamento

Além de consultar o procedimento da instituição de ensino, é preciso verificar os valores e formas de pagamento para a matrícula.

Algumas universidades realizam o processo de forma gratuita e ainda disponibilizam condições especiais para as mensalidades.

Respeite os prazos para a realização da matrícula

Depois de fazer a sua solicitação no extravestibular, a instituição de ensino tem um prazo para avaliar o requerimento.

Se aprovado, o aluno também deve cumprir o prazo para se matricular.

Questione a instituição de ensino sobre essas datas e programe-se para não correr o risco de ficar de fora.

Conclusão

Viu só como o extravestibular não é um bicho de sete cabeças?

Na verdade, ele é uma opção mais simples do que o vestibular, justamente porque não exige a realização de uma prova complexa.

Mas, para quem não se encaixa em nenhum dos perfis citados neste artigo, o jeito é recorrer ao exame tradicional.

Seja qual for o seu momento e necessidade, a UCS pode ajudar você a ingressar no ensino superior.

Confira em nosso site todas as formas de ingresso e condições exclusivas para os cursos EAD.

Venha estudar em uma instituição de ensino com mais de 50 anos de experiência, com corpo docente qualificado, 800 laboratórios para todas as áreas de ensino e mais de 100 mil alunos formados.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.