Seguir seus sonhos é genial, melhor ainda se essa escolha vier acompanhada de um promissor futuro no campo escolhido. Para lhe ajudar a decidir e saber quais são as tendências do mercado de trabalho nos próximos anos, criamos este infográfico com as profissões em alta!

Administração

A demanda por bons gestores e sempre está em alta. No campo da Administração, a previsão é de que as companhias, em geral, apostem na melhoria da relação custo-benefício e redução de gastos com operações.

Com salários estimados para mais de R$ 10 mil para officer managers, a Administração é, sem dúvida, uma das apostas certeiras.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Sabia que o Brasil está na nona posição mundial quando o assunto é investimento em Tecnologia da Informação?

Os investimentos nesse mercado giraram ao redor dos 40 bilhões de dólares, há pouco mais de um ano, seja para o desenvolvimento de hardwares, softwares ou serviços.

E a tendência é que a demanda por analistas e desenvolvedores de sistemas só aumente: pesquisas indicam que o Brasil vai demandar mais de 750 mil profissionais na área de TI até 2020.

Ciências Contábeis

Em tempos de mercados voláteis e economia incerta, o setor de finanças corporativas contará com demanda garantida.

Estima-se que funções como a de analista contábil terão salários de mais de R$ 10 mil, com cargos trainee pagando mais de R$ 3 mil, logo de entrada.

Além disso, os profissionais da contabilidade têm passado por uma mudança de paradigma: de operativos a estratégicos, com espaço para participar das decisões empresariais.

Pedagogia

Os processos de ensino e aprendizagem serão determinantes para o futuro do Brasil.

Nesse sentido, o pedagogo, que já tem uma taxa de empregabilidade na casa dos 94,13%, encontra um contexto fértil de desenvolvimento de carreira.

Além dos clássicos campos de trabalho, a área de pedagogia empresarial terá a responsabilidade de melhorar aspectos como a qualidade da produção, por exemplo.

Engenharia da Produção

Esse profissional polivalente pode administrar desde recursos humanos até financeiros, além dos materiais e foco na logística.

Com uma taxa de empregabilidade praticamente de 100%, as oportunidades para o engenheiro de produção estão em expansão.

Essa área é, atualmente, uma das que emprega mais engenheiros no Brasil e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indica que haverá carência de profissionais no futuro.

Educação Física

A busca por um estilo de vida mais saudável e pela estética corporal continuam alimentando o interesse das pessoas por profissionais como o de Educação Física.

A cultura da saúde tem impactos diretos em uma carreira do educador físico. De acordo com o último Diesporte, 54,1% dos brasileiros pratica atividades físicas ou esportes.

O estímulo às atividades físicas também se destaca pelo interesse criado em novos empresários: setor de Saúde e Bem-Estar já movimenta 7% do PIB nacional, com tendência aumentar.

O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.