<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Ler o post

 Tags: Ensino Superior

Você está decidido a fazer uma faculdade, mas não tem ideia de qual curso escolher?

Fique calmo! Ter dúvida é muito comum, já que hoje em dia temos muitos campos de estudo.

Você precisa, primeiro, passar por um processo de reflexão e autoconhecimento. Esse processo pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais segura.

Neste artigo, vamos apresentar algumas dicas sobre como você pode escolher uma faculdade.

Qual a sua motivação? Defina-a!

qual-a-sua-motivacao - Descricao da imagem: duas flechas desenhadas no chão, apontando para dois caminhos diferentes, e, na frente pés. A imagem simboliza a mensagem de "qual caminho seguir?"Conforme o dicionário, a motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos.

Definir quais as suas motivações é importante na hora de escolher um curso superior.

Anote em algum lugar, o que motiva você.

Pode ser crescimento pessoal e profissional, a possibilidade de ingressar em novas áreas, realizar algum sonho ou ter a possibilidade de melhores remunerações.

Sempre tenha em mente as suas motivações e direcione seus esforces. 

Mesmo que a gente não perceba, vivemos impulsionados por elas. Já pensou se fizéssemos tudo sem propósito, apenas por fazer?

Por isso, conhecê-las e usá-las ao nosso favor, é fundamental.

Faça uma ampla pesquisa

A internet é uma ferramenta essencial na hora de escolher um faculdade.

Faça uma lista de todas as possibilidades que você considera e pesquise na web por cada uma delas.

Assista vídeos no Youtube com depoimentos de profissionais e estudantes, leia sobre as disciplinas e navegue nos site das instituições de ensino que você considere

Toda recurso é importante para esclarecer suas dúvidas.

Avalie suas habilidades

Uma habilidade pode ser definida como a capacidade de fazer alguma coisa.

Definir as coisas que você sabe fazer pode ser um importante passo para escolher uma carreira.

Mas considere sempre que o ensino superior é um espaço de experimentação e conhecimento. Portanto, muitas coisas você vai aprender ao longo do curso.

Se você quer cursar medicina, obviamente você não vai saber fazer uma cirurgia antes da faculdade.

Porém, ter interesse na área da saúde e vontade de ajudar as pessoas são indícios importantes para seguir a carreira.

Pense no futuro

As novas tecnologias modificaram todas as experiências sociais. 

Com isso, diversas profissões foram extintas.

No passado, o mercado de trabalho abria oportunidades para telefonistas, atores de radionovelas, operadores de mimeógrafo, datilógrafos e, até mesmo, lanterninhas de cima.

Hoje em dia, com a internet, observamos que diversas profissões surgiram e algumas áreas tradicionais foram se reinventando.

Um bom exemplo é o marketing. Da propaganda em jornais, televisão e outdoors, agora, o marketing digital é uma necessidade.

Uma marca precisa contar com estratégias para redes sociais e sites.

Com isso, surgiram os cargos de social media, especialistas em SEO (Search Engine Optimization) e produtor de conteúdo para mídias sociais.

Pensar no futuro e apostar em carreiras relacionadas a tecnologia ajudam na sua escolha. 

avalie-os-seus-valores - Descrição da Imagem: diversas mão unidas em símbolo de união.

Avalie os seus valores

Os valores são princípios que guiam você, enquanto indivíduo.

Se você atua em defesa da causa animal, por exemplo, pode optar por profissões voltadas para essa área, como a biologia, a veterinária e a zootecnia.

Seguir suas paixões pode te levar para escolhas gratificantes e para a realização profissional.

Faça uma orientação profissional

A orientação profissional é um processo que ajuda as pessoas a tomarem decisões sobre as suas carreiras.

Geralmente, a orientação tem três é etapas e é conduzida por psicólogos e pedagogos.

No primeiro momento, o estudante reflete sobre os seus valores, interesses e habilidades. É uma etapa de imersão e autoconhecimento.

Depois, ele deve conhecer aspectos sobre o mercado de trabalho. Quais as áreas de conhecimento e quais profissões se enquadram em cada uma delas.

Essa etapa envolve pesquisa e eventuais visitas em locais de interesse do participante.

Por fim, reunindo observações de todo o processo, o orientador auxilia o participante a montar um plano de ação: qual curso seguir, em qual área atuar e quais são as possibilidades para o futuro.

Dialogue com pessoas

Uma das melhores maneiras de compartilhar aprendizados é, justamente, dialogando com pessoas.

Se você conhece algum amigo ou familiar que ingressou no curso que você se interessa, procure conversar com ele.

Questione quais são as disciplinas mais desafiadoras, quais os aspectos do mercado profissional e como funciona o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Isso pode te ajudar a resolver dúvidas mais específicas.

explore-as-areas-de-conhecimento - Descrição da Imagem: Nota adesiva amarela, com um desenho de lâmpada, simbolizando a mensagem de "ideia".

Explore as áreas de conhecimento

Hoje em dia, podemos escolher cursos em diversas áreas de conhecimento.

É importante que a gente conheça essas áreas para estabelecer nossas preferências.

Ciências Humanas

Tem como foco de estudo o ser humano e a sociedade.

Diferentemente área das exatas, uma das características da área de humanas é a subjetividade.

Você terá contato com teorias escritas por pensadores em diferentes momentos da história.

Os cursos exigem, ainda, reflexões embasadas em leituras técnicas e, eventualmente, o debate de temas políticos e sociais.

Estudantes que ingressam na área de humanas, geralmente, gostam de artes, música, filosofia, escrita e leitura.

Cursos relacionados:

  • Letras
  • História
  • Filosofia
  • Sociologia
  • Letras
  • Jornalismo
  • Relações Públicas
  • Publicidade e Propaganda
  • Direito

Ciências Exatas

É uma área que trabalha com números, dados e estatísticas.

Uma das características dos estudantes que entram na área de exatas é o perfil analítico e o raciocínio lógico, afinal, é preciso lidar constantemente com cálculos e fórmulas.

Os estudantes que ingressam na área de exatas tendem a um perfil mais objetivo e prático.

Cursos relacionados:

  • Matemática
  • Física
  • Química
  • Áreas da Computação
  • Ciências Contábeis
  • Engenharias

Ciências Biológicas

Área que lida com tópicos relacionados aos seres vivos (seres humanos, animais, plantas e microrganismos) e como eles se relacionam com o ambiente.

Os cursos da saúde estão inclusos nessa área.

O estudante que ingressa na área deve ter o interesse em promover a qualidade de vida: para pessoas, animais ou para o meio-ambiente, com questões de sustentabilidade.

Da mesma forma, é preciso ser muito analítico e estar disposto a reinventar-se sempre, pois é uma área que requer atualização constante.

Como exemplo, podemos citar a crise da Covid-19. Diversos profissionais da área da saúde empenharam-se na missão de descobrir o que causava a doença, como preveni-la e curá-la.

Cursos relacionados:
  • Medicina
  • Biologia
  • Odontologia
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Enfermagem
  • Educação Física
  • Biomedicina

Pense nas condições de estudo

Além de escolher o curso, você precisa pensar em alguns aspectos que serão determinantes para sua rotina de estudos, como

estudar presencialmente, a distância ou semipresencial?
escolher bacharelado, licenciatura ou tecnólogo?

Presencial

Nas aulas presenciais, os estudantes se reúnem em salas de aula, juntamente com os professores.

Os dias e horários costumam ser pré-definidos pelas instituições de ensino.

Uma das principais vantagens é a troca de experiências com os colegas e a resolução imediata de dúvidas com a presença do professor.

EAD

O ensino a distância vem se popularizando no país.

O Censo da Educação Superior de 2019, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apontou que quatro a cada dez calouros no ensino superior optaram por se matricular em cursos de graduação a distância.

No EAD, as aulas são gravadas pelos professores e disponibilizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). A principal vantagem é a flexibilidade, você pode acessar o conteúdo onde e quando quiser.

Para quem trabalha, o EAD é uma excelente opção, pois permite conciliar mais de uma atividade, conforme uma boa rotina de estudos.

Além disso, há um melhor custo-benefício, visto que as mensalidades costumam ser menores e não há gastos com deslocamento e alimentação, como no caso do presencial.

Mas, e as dúvidas?

Não ter o contato presencial com os professores não significa que no EAD as coisas são mais difíceis de serem compreendidas. Cada disciplina possui um tutor responsável por responder as dúvidas solicitadas pelos alunos.

Semipresencial

O semipresencial mescla características do EAD com o presencial.

Parte do conteúdo é on-line, e a outra presencial, em dias e horários pré-estabelecidos.

Normalmente, a parte presencial é para a realização de disciplinas práticas.

É uma excelente opção para quem deseja ter a experiência de sala de aula, mas, muitas vezes, não tem tempo para cumprir rigorosamente horários fixos..

Bacharelado, licenciatura ou tecnólogo?

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que todas as modalidades, bacharelado, licenciatura e tecnólogo, conferem o grau de ensino superior.

Isso significa que, ao fim do curso, o graduado está apto para fazer especializações, MBA, mestrado e doutorado.

O tecnólogo não pode ser confundido com curso técnico, que é uma formação de nível médio.

Vamos conferir as diferenças entre cada um:

O bacharelado tem uma formação mais generalista e o estudante aprende vários assuntos dentro da área escolhida.

Por exemplo, o bacharelado em administração oferece conteúdos sobre marketing, finanças, liderança, recursos humanos, entre outros.

A duração de um bacharelado costuma variar de quatro a seis anos.

Já a licenciatura é designada para quem quer dar aulas dentro da área escolhida. O estudante tem contato com disciplinas relacionadas à didática e a pedagogia.

A duração da licenciatura é de quatro a cinco anos.

Por sua vez, o tecnólogo é uma formação mais específica, com muitas disciplinas práticas que visam a capacitação profissional.

A duração do tecnólogo é menor: de dois a três anos.

Conclusão

Escolher uma faculdade não é uma missão fácil, mas possível com o exercício de autoconhecimento.

Neste artigo, oferecemos algumas questões para reflexão, como pensar no futuro, definir motivações e saber quais as suas habilidades.

Por último, indicamos que você procure instituições de ensino de qualidade, que contribuam na caminhada para os seus sonhos.

No EAD UCS contamos com um conteúdo de excelência, ministrado por professores e tutores altamente especializados e inseridos no mercado de trabalho. O padrão de qualidade é o mesmo das aulas presenciais.

Além disso, a UCS é sinônimo de excelência e inovação no Brasil, com mais de 53 anos de história.

Saiba mais sobre as bolsas e benefícios e potencialize a sua trajetória com a UCS!

blog ead ucs
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.