Cursos de graduação EAD

Análise e Desenvolvimento de Sistemas: tudo sobre o curso

Por BLOG DO EAD UCS   | 

 Tag: Cursos de graduação EAD

Pensando em seguir carreira em Análise e Desenvolvimento de Sistemas? Essa é uma boa escolha.

A área de Tecnologia da Informação se coloca entre as mais promissoras do mercado de trabalho e, entre as ocupações que fazem parte dela, está justamente a que serve como tema deste texto.

Para se ter ideia do quanto TI está em alta, um levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), mostra que, de 2018 até 2024, a área demandará 420 mil novos empregos.

Por isso, se você não quer ficar de fora desse movimento, e mais ainda, pretende construir uma carreira de sucesso, tornar-se um analista de sistemas pode ser a sua chance de ouro. 

Quer saber tudo sobre o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas? 

Então, acompanhe este texto até o final!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é análise e desenvolvimento de sistemas?

Análise e desenvolvimento de sistemas é uma área responsável por analisar, desenvolver, analisar, projetar, implementar e atualizar sistemas de informação.

Os profissionais da área geram softwares, que são executados em hardwares e operados por usuários diversos.

O que faz o analista de sistemas?

analise desenvolvimento de sistemas o que faz analista

Para adentrarmos na atividade de análise e desenvolvimento de sistemas, fica mais fácil ver o que os profissionais da área fazem. 

Olha só as principais tarefas do analista de sistemas:

Projeta Sistemas

Esta tarefa é a menina dos olhos do analista de sistemas. 

Normalmente, quem ingressa na área, tem a expectativa de desenvolver sistemas que facilitem o dia a dia de empresas e usuários. 

Mas, para isso, é preciso saber que outras atividades fazem parte do processo. E é sobre elas que falaremos a seguir.

Realiza o levantamento de requisitos

À primeira vista, o termo mais técnico pode assustar. 

No entanto, essa é uma tarefa tão recorrente na vida do analista de sistemas que, com a prática, ele é capaz de tirar de letra, ainda que exija bastante cuidado e critério.

Isso porque o levantamento de requisitos consiste em entender todos os aspectos que envolvem a demanda de trabalho. 

Ou seja, quais são as funcionalidades do sistema que será projetado.

Analisa a viabilidade técnica e financeira de um sistema

Além de fazer o levantamento necessário para chegar ao escopo do projeto, o analista de sistemas também tem o papel de avaliar a viabilidade do sistema.

Não só do ponto de vista técnico, mas também financeiro.

Ou seja, ele precisa identificar os recursos que serão necessários, e conferir se estão dentro do investimento disponível. 

Desenvolve softwares

O analista de sistemas também desenvolve softwares e aplicativos. 

Para isso, é preciso saber programar. 

Vale dizer que essa tarefa também é desempenhada por outros profissionais do mercado de TI. 

Qual a nota de corte para análise e desenvolvimento de sistemas?

analise desenvolvimento de sistemas qual nota de corte

A nota de corte é a nota mínima que um candidato precisa para concorrer a vagas em programas governamentais, como o Sisu, o Prouni e o Fies. 

No caso do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, a menor nota em 2019, para entrada pelo Sisu, foi de 553.08.

Já para o Prouni, a nota foi um pouco mais alta: 627.60. 

E, no Fies, 452.00.

Vale lembrar que as notas de corte variam não só de acordo com o curso, mas também com a instituição escolhida. 

Como é o curso?

analise desenvolvimento de sistemas como e curso

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas prepara o aluno para enfrentar os desafios da profissão.

No caso da formação da UCS, por exemplo, o estudante tem em suas mãos as mais modernas ferramentas para colocar em prática códigos, desenvolver softwares, explorar os mais diversos sistemas.

Qual a grade curricular de análise e desenvolvimento de sistemas?

Ficou curioso para saber mais sobre o curso?

Então, confere só a grade curricular completa do Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UCS:

1º semestre

Módulo 1

  • Sociedade, Cultura e Cidadania
  • Arquitetura e Organização de Computadores.

Módulo 2

  • Ética, Lógica e Argumentação
  • Planejamento, Criatividade e Empreendedorismo.

2º semestre

Módulo 3

  • Sistemas Operacionais
  • Fundamentos de Redes de Computadores.

Módulo 4

  • Pensamento Computacional 
  • Engenharia de Software.

3º semestre

Módulo 5

  • Programação Orientada a Objetos
  • Estrutura de Dados.

Módulo 6

  • Arquitetura de Software
  • Modelagem de Banco de Dados.

4º semestre

Módulo 7

  • Consulta de Banco de Dados
  • Processos de Desenvolvimento de Software.

Módulo 8

  • Interface Humano-Computador
  • Programação Front-End.

5º semestre

Módulo 9

  • Programação back-end
  • Teste de Software.

Módulo 10

  • Desenvolvimento Web
  • Qualidade de Software.

6º semestre

Módulo 11

  • Dispositivos Móveis I 
  • Fundamentos de IA.

Módulo 12

  • Ciência dos Dados
  • Dispositivos Móveis II.

Qual a duração do curso?

Na UCS, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é ofertado no formato tecnológico. 

Assim, o pode concluí-lo em três anos, tempo suficiente para aprender tudo o que é preciso para entrar na profissão.

Como é carreira em análise e desenvolvimento de sistemas?

analise desenvolvimento de sistemas como e carreira analise

Você já sabe como é a formação necessária para atuar com Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que tal ver agora aspectos importantes sobre a carreira? 

Afinal, você quer sair do curso empregado, não é mesmo?

Onde o profissional pode trabalhar?

O analista de sistemas pode encontrar oportunidades de trabalho em organizações diversas, sejam elas públicas ou privadas, de qualquer porte ou segmento.

Nesse caso, o profissional integra times das áreas de Tecnologia da Informação e pode desempenhar, principalmente, as seguintes funções: 

  • Desenvolvimento de software: nesta ocupação, o analista de sistemas desenvolve programas, aplicativos e sistemas operacionais diversos
  • Administração de banco de dados: os programas operacionais precisam de banco de dados, e é papel do analista projetá-los e administrá-los
  • Administração de redes: já neste cargo, o analista de sistemas é responsável por toda a parte de Infraestrutura de TI.

Vale dizer ainda que o analista de sistemas pode trabalhar em fábricas de softwares, como profissional autônomo ou consultor.

Quanto ganha um analista de sistemas?

Agora vamos falar de um assunto sério: salário.

Depois de conhecer as principais atividades do analista de sistemas, quanto você acha que é a média salarial do profissional no Brasil?

Bem, não precisa pensar muito. Já temos a resposta aqui.

Segundo o site Trabalha Brasil, o analista de sistemas que está no início da carreira e trabalha em uma empresa de porte pequeno, ganha aproximadamente R$ 2.503,48 por mês.

Já um profissional experiente, que ocupa um cargo numa empresa multinacional, recebe, em média, R$ 10.329,31. 

Está bom para você?

Quais são as exigências do mercado de trabalho?

Para executar o trabalho com excelência, o analista de sistemas deve saber criar sistemas informatizados. 

É preciso, portanto, ter conhecimentos de programação de computadores e desenvolvimento de softwares.

O mercado requer ainda que o profissional conheça bem a estrutura dos aparelhos e esteja antenado quanto às linguagens de programação, aplicativos e ambientes operacionais. 

Além disso, ter noções de gerenciamento pode ser um grande diferencial. 

Quais são as principais competências pessoais do analista sistemas?

analise desenvolvimento de sistemas quais sao principais competencias pessoais analista

Embora as capacidades técnicas sejam essenciais para a função, o analista de sistemas também deve possuir competências pessoais

Elas ajudarão no dia a dia de trabalho, sobretudo para desenvolver sistemas que atendam às necessidades e desejos da empresa e dos usuários.

As principais habilidades, portanto, são: curiosidade, atenção aos detalhes, raciocínio lógico, boa comunicação, ótimo relacionamento interpessoal e escuta ativa. 

Quais são os tipos de titulação?

analise desenvolvimento de sistemas quais sao tipos de atuacao

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem titulação tecnológica. 

Mas, afinal, você sabe o que diferencia ela das outras qualificações? 

O que acha de descobrir agora?

Licenciatura

A licenciatura é um grau acadêmico de ensino superior voltado aos profissionais que querem atuar no magistério. 

Em outras palavras, os alunos, depois de formado, são capazes de ministrar aulas em instituições de ensino diversas.

Licenciatura Interdisciplinar

A diferença da licenciatura para a licenciatura interdisciplinar é que a primeira tem foco em apenas uma área do saber. 

Ou seja, na formação escolhida, como Letras, Educação Física, Matemática e outras. 

Já a interdisciplinar permite que o profissional dê aulas de disciplinas variadas. 

Bacharelado

O bacharelado é o grau acadêmico que confere ao aluno, depois de formado, o título de bacharel. 

A formação dura, em média, de quatro a cinco anos, e permeia conhecimentos amplos da área de estudos para que o profissional possa trabalhar em organizações diversas. 

Bacharelado Interdisciplinar

O bacharelado interdisciplinar é bastante parecido com a licenciatura interdisciplinar, no que diz respeito à formação generalista. 

A distinção entre eles é que o aluno, no meio do curso, pode migrar para uma formação mais específica se quiser. 

Tecnológico

E, por fim, o que você tanto esperava: a graduação superior de tecnologia, que confere ao profissional o título de tecnólogo.

Essa formação é mais voltada às principais práticas da profissão. 

O curso é mais curto, justamente, por ter foco nas competências necessárias para encarar os desafios da carreira.

Conclusão

Após ler o artigo, conseguiu definir se a Análise e Desenvolvimento de Sistemas é a carreira ideal para você?

Se for, o próximo passo é ingressar no curso, e você já sabe onde fazer.

A UCS tem 53 anos de experiência no mercado e já formou mais de 100 mil alunos.

Matricule-se já e dê um passo importante na direção do seu futuro!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.